segunda-feira, julho 18, 2011


Declaração a você!



   Hoje, reli alguns textos e percebi que em alguns deles o sujeito era sempre você!
Lembrei da nossa ultima conversa, as coisas realmente estavam ficando mais sérias, você tem razão e não é isso que queremos um para o outro.
   Não é que eu te queira todo o tempo, mas temo em ser tratada de uma forma fria, nunca cobrei algo de você e não é agora que isso vai acontecer, mas quero que saiba a importância que ainda tem para mim e isso não vai mudar por agora, no entanto, o tempo, tudo sabe!
   Espero que eu mude em relação a tudo, estou amadurecendo assim como você, o que eu menos quero agora é gostar de alguém.

Um pedacinho de você em mim:
   Vou cuidar de você, te dar todos os carinhos do mundo.
Mas não para sempre, sabemos que ele não existe, no entanto, enquanto ficarmos juntos, será sempre assim, entre risos, chantagens e brincadeiras.
E apesar de ser estudada a cada palavra que digo, não tenho medo de dize-las.
   As vezes, dar uma segunda chance a nós mesmos é necessario para que possamos saber até onde podemos levar.

0

0 comentários:

Postar um comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t