quinta-feira, junho 30, 2011


Again, again, again




   A quinta-feira que finalizava o mês de Junho, havia sido um dia em que seus sentimentos começaram a se organizar, ou quem sabe, a bagunçar mais ainda.
Logo no final da tarde ela havia admitido o que sentia por um garoto que já não a fazia se sentir tão especial assim, havia sido frustada, mas no fundo, sabia que era isso que iria acontecer e que nem todas as pessoas merecem o valor que damos.
   Só sabia que precisava virar a página e continuar a viver, que mais uma história havido sido encerrada e que somente ela ficara presa naquele livro de agonia e platonismo.  Sentia ódio de si mesma, por viver tudo tão intensamente.
   Escrevendo, ela começou a derramar lágrimas que a faziam se lembrar do quanto ela já havia se entregado e aprendido as melhores coisas ao seu lado, mas precisava esquecer algo que seu coração não queria, mas que sua mente precisava, pois estava sofrendo.
  Na madrugada de Sexta-feira, ela havia ligado o notebook, conectado a internet e la estava no msn novamente.
Naquele momento anos atrás voltaram a acontecer em sua cabeça, o autor do seu primeiro beijo havia voltado a entrar na sua vida, fazendo perguntas e dizendo que a faria esquecer qualquer decepção amorosa recente, mas ela sabia, que apesar dele merecer todos os bons sentimentos do mundo, não era ele que o seu coração pedia. Mesmo assim, ele continuava, dizendo que a amava e que tivera seu amor renegado, mesmo ela alegando o seu medo de amar naquela época, então ele perguntou: E agora, você está preparada?
Por um momento ela ficou em silêncio, mas depois admitiu que todos aqueles anos, a fizeram amadurecer e saber se entregar no momento certo.
   Ele jurava que em duas semanas conseguiria fazer com que ela esquecesse todas as magoas que o presente trouxera, mas a garota hesitou, não era ele e não ainda não é.
Ela havia contado tudo o que tinha acontecido em sua vida até hoje, havia compartilhado tudo o que fez com que ela sofresse e ele a compreendeu como ninguém jamais o fez.
   A partir daquele momento, algo havia mudado, ao menos, era o que ela sentia, as lagrimas cessaram e em seu rosto, surgia um sorriso de alivio por ter compartilhado tudo aquilo, desligou-se do mundo virtual e foi dormir  sabia que na sexta-feira uma nova fase estava para começar!
0

Playlist Junho

Músicas favoritas do mês de Junho pra vocês curtirem.














0

quarta-feira, junho 29, 2011


O tempo



   O tempo me ajudou a te superar, a ser forte e te apagar de mim de uma vez por todas.
Eu sei que te esquecer não vai ser fácil, mas nada é impossível. Insisti por muito tempo em uma história que eu sabia que ja tinha acabado, agora eu vejo que seguir em frente é a melhor opção.
   Não pense que escrever tudo isso está sendo fácil, mas preciso me convencer que daqui pra frente será sempre assim, eu, eu e eu.
   Sou feliz sem você, era feliz sem você e continuarei sendo, porque não precisamos de ninguém ao nosso lado para que possamos formar uma base e tenho a absoluta certeza de que você também é feliz sem mim.
No fundo, eu sempre soube que você já havia me esquecido, no entanto, precisei de um tempo para encaixar essa ideia em minha mente, hoje, eu tento colocar um ponto final em tudo isso.
   Agradeço-lhe pelas muitas lições que aprendi ao seu lado, por me ensinar a levar a vida "de boa", por aceitar tudo e qualquer coisa sem pestanejar. Porque foi ao seu lado que aprendi a curtir o mais simples da vida.
Obrigada E. A.

0

terça-feira, junho 21, 2011


E não importa mais...



   Não importa mais o que eu sinto, o que vejo ou penso, na verdade, não importa mais nada, tudo anda tão confuso na minha mente, preciso de um tempo longe daqui, longe de tudo que me trás a tona todas as lembranças do passado.
   Ficar em silêncio e me manter em absoluta observação é o que eu deveria fazer a partir de agora, mas eis que surge sempre algo para tentar a sua vontade, como anjos e demônios em sua cabeça, as lembranças sempre voltam para nos fazer pensar duas vezes sobre o novo caminho que escolhemos seguir.
   Mas nunca  disseram que a vida era fácil, só avisaram que era para se viver com intensidade e muito amor, porque daqui, não levamos nada.

0

sexta-feira, junho 17, 2011


Cansada


   Me cansei do que eu sinto, do que eu vejo todos os dias, quero mudar e vou.
Agora é pra valer, vou virar e se puder, até rasgar sua página em minha vida, percebi, um pouco tarde, devo admitir, que não sinto nada por ninguém, meu coração está mais vazio do que nunca, nada de amores, carinhos, sorrisos, nada!
   Porque demorei tanto tempo pra cair na real de que não valeria a pena alimentar algo falso, quanto tempo eu tive que enganar outra pessoa e até a mim mesma, nessa insistência sem fim?
Mas agora acabou, não quero mais amores em mim, retirei todos os sentimentos da minha mente e como dizem que é o cérebro que controla todas as emoções e sentimentos, então, já dei o primeiro passo em busca do seu esquecimento.
2

quarta-feira, junho 15, 2011


Totalmente contrária!

  


  Meu maior desejo era olhar nos seus olhos e dizer o quanto te quero, é poder voltar atrás e fazer tudo diferente, é ouvir sua voz novamente.
   Como eu queria que nossas conversas fossem as mesmas, cheias de risos e tudo mais, aliás, ainda quero, quero ter você pra mim, ter os seus sorrisos e sua maneira boba de ser.
Hoje, descobri que os meus sentimentos mudaram, percebi que devo seguir o meu coração e ele, por si só, decidiu que está com a pessoa errada, me vi perdida em meio as minhas decisões, parei, pensei e pensei, conclui que a solução, infelizmente, está com você, mas que infortúnio tudo isso, o que eu menos queria desejar é o que eu mais quero.
   Meu coração tem se mostrado totalmente contrário a minha razão, o que eu posso fazer? 
O que devo fazer para te tirar de mim? Dos meus pensamentos, do meu coração?
   Não chamo o que sinto de amor, porque não faço sacrifícios por esse sentimento, mas chamo de curtição, pois estar ao seu lado me faz bem.
0

terça-feira, junho 14, 2011


Confissão

   

   Hoje, acordei e logo após o ritual de toda manhã, olhei-me no espelho e disse a mim mesma que era hora de parar de colocar as pessoas em primeiro lugar.
Agora, é a hora em que eu penso em mim mesma, cuido de mim mesma e acima de tudo, valorizo a mim mesma, essa é a hora, em que você já não vale tanto assim, fica como uma recordação dos bons mas nem tão velhos momentos.
   Vou seguindo, sem esquecer o quanto você já significou e quem sabe ainda significa para mim, sem esquecer o quanto você já me fez sorrir, as besteiras que fiz quando estava com raiva, dos risos irônicos que eu dava a cada mentira sua. Vou seguindo principalmente, sem esquecer de você e do quanto você me fez bem.
0

segunda-feira, junho 13, 2011


Thank you

  

     Tento virar sua página todos os dias, devo dizer, não é nada fácil, não mesmo, mas dizem que na vida, nada é, então, me esforço ao máximo para tentar tirar você de mim, porque me sinto impregnada, não do seu cheiro, mas da sua essência, da sua forma de ser, queria saber explicar, no entanto, quanto mais luto contra, fica mais forte.
    Os dias, desde que nossos olhares se cruzaram não foram mais os mesmos, sei la, acho que vou me aprimorando com as pessoas em que enxergo algo bom. Mesmo pedindo que nada disso tivesse acontecido, muitas vezes, vejo que existiu e ainda existe uma coisa boa nessa "história" e como ainda não te esqueci, é porque eu não aprendi a retirar o melhor de tudo isso.


0

domingo, junho 12, 2011


Needing



Será que estou destinada a te querer?!
Não que isso seja ruim, mas preciso te esquecer!
0